13.1.10

Apropriação / Expropriação


Sei que são meus senhores. É quanto basta
para saber-me escravo e infeliz.
E ainda que os soubera forcejando
unicamente por interesse meu
e por meu bem, sem causas de malícia,
Eu lhes negara o gosto de o fazer
e o direito de impor-me o que men sei
se desejo. E ainda que inocentes
do propósito cru de magoar-me
Eu os negara porque são senhores.

Grabato Dias