10.2.08

O minuto que vem


Há medo
leio-o
nos rostos dos homens
medo do minuto que vem (?)

Que grande desgraça traz
o minuto que vem?

Leio medo
nos rostos dos homens,
rostos que não falam,
mas têm nessa voz muda
o latejar do enigma que emprenha o minuto que vem!

Criemos uma canção, homens,
criemos uma canção de luta e de amor
que será de triunfo
no minuto que vem,
sobre o medo e a resignação!

Cantemos sobre o medo
do minuto que vem!


Juvenal Bucuane


Juvenal Bucuane nasceu em 1951 no Xai-Xai (Gaza). foi um dos fundadores da revista literária Charrua. É membro efectivo da Associação de Escritores Moçambicanos.