1.2.08


Liberdade


Liberdade,
tu hás-de chegar um dia
eu sei.
se vieres tarde,
para além do meu tempo de luta e de conquista,
não te esqueças
que eu te amei
universalmente
e te busquei sem desânimo
durante toda a minha
ignota
permanência.
Detém-te pois um instante
à beira do meu túmulo:
morto embora, eu saberei sentir-te
e conhecer-te
e remorrer
então
tranquilamente.


Jorge Rebelo



Jorge Rebelo nasceu em Lourenço Marques (Maputo), em 1940. Militante da Frelimo e activista político, é uma das figuras marcantes da «Poesia de Combate».