24.2.08

Impressionismo


Menina negra foi a enterrar

em caixão branquinho
enfeitado com uma cruz vermelha.

O branco falava da virgindade

e o vermelho do sangue d'Aquela
cujo sangue também coagulou.


O sol entornava amarelo

e o verde-verde dos ciprestes

não falava de esperança.


Naquele falso bailado de cores

menina negra foi a enterrar.

Fonseca Amaral