31.1.08

Presença



Sou dos que ainda estão presentes
e bebem do amor a única ausência.

Quantos pedaços de mentiras
retenho na viscosidade do meu cuspo?

Quantas verdades apaixonadas
reclamam ansiosas o esperma das palavras?

Nenhumas, talvez, nenhumas...
escravizo o silêncio
e faço dele o meu mensageiro.

Estou presente em tudo ou mais
e aí onde me procurarem
será a minha próxima ausência.

Hélder Muteia


Hélder Muteia nasceu em Quelimane em 1960. Formado em Veterinária, poeta e cronista, foi um dos fundadores da Charrua e esteve na origem de uma revista literária da universidade Eduardo Mondlane. Tem várias obras publicadas.