20.1.08

A Cidade


O coração solta do tempo a cidade
distancia a estrada azul dos sonhos
como no deserto a vida à roda do sol
magoa o crepitar do vento
e chama e chama o teu nome
esta distância de cidade a cidade
rompe o grito da noite
o pranto da terra nos ossos podres de quem
chama
agoniza o crepúsculo
envolvendo num grito o mar
de cidade a cidade
o asfalto sangrento de quem não pode esperar
mais
o rosto da armada perdido no vento da estrada
distante

Francisco Muñoz


Francisco Muñoz nasceu em 1974 no Maputo. É membro da Associação Cultural Xiphefo que edita um caderno literário com o mesmo nome, em Inhambane.